fbpx

Esta batata-doce é mesmo única

É no Algarve que se produz uma batata que tem o selo de qualidade europeu que a identifica como produto de Indicação Geográfica Protegida. Falamos pois da batata-doce de Aljezur e que tanto orgulho traz à alma algarvia.

Em doçaria ou pratos salgados, ninguém duvida da qualidade e do sabor desta batata-doce que tem direito a uma festa anual em Aljezur e a um Museu, onde pode degustar variadíssimos pratos feitos a partir deste tubérculo. E quem a come nem sabe as qualidades nutritivas e os benefícios para a saúde que tem.

A batata doce contém uma boa dose de vitamina A, responsável por reforçar o sistema imunológico, contribui para a saúde dos olhos, pele e sistema respiratório, e ainda é uma poderosa aliada no combate ao cancro. É rica em vitaminas do complexo B, responsáveis por regular o bom funcionamento do sistema nervoso, do coração e do aparelho digestivo, e contém triptofano, um percursor da serotonina que ajuda a melhorar o humor. Este tubérculo contém ainda vitamina C, importante na ação anti-alérgica e um estimulante imunitário, funcionando como antioxidante.

Além destas, a batata doce contém também outras propriedades nutritivas como cálcio, ferro, fósforo, sódio e potássio, que contribuem para a formação de ossos e dentes e auxiliam a regeneração sanguínea e a imunidade. Apesar do nome, a batata-doce ajuda a combater a obesidade, uma vez que tem um índice glicémio baixo, o que torna a absorção mais lenta e proporciona um elevado grau de saciedade, sendo ainda um ingrediente recomendado no combate à diabetes.

Por ter também hidratos de carbono, este tubérculo é um poderoso aliado para quem pratica desporto, contribuindo para ganhar massa muscular. Ajuda ainda a combater a arteriosclerose, a controlar a hipertensão arterial e a regular a pressão arterial. Tem um potencial anti-inflamatório, ajuda a prevenir as úlceras do estômago e colabora num sistema digestivo regular.

Existem mais de 400 variedades de batata doce, as mais conhecidas são a branca, a amarela, a avermelhada e a roxa. Pode ser cozida, assada ou frita, mas esta é a opção menos saudável devido às gorduras associadas, e as suas folhas também podem ser consumidas.

Leave a comment

X