fbpx

Silves junta à mesma mesa mar, barrocal e serra

Tal como Silves se estende desde as águas do Atlântico até aos montes da Serra, passando pelas terras férteis do Barrocal, a mesa apresentada ao concurso nacional ‘7 Maravilhas à Mesa’ pretende materializar os produtos, tradições e cultura gastronómicas ‘Da Serra ao Mar’.

 Siga-nos no Facebook.

Como primeira sugestão para esta mesa, Silves apresenta uma feijoada de buzinas, que combina os sabores marítimos com os frutos da serra. Javali, um dos elementos gastronómicos mais apreciados na zona da serra, é o ingrediente principal de um ensopado, que vai bem acompanhado com uma salada de rúcula, agrião, hortelã e laranja.

Enquanto capital da Laranja, Silves não podia deixar de dar destaque a este produto que marca o território do barrocal, beneficiando das suas caraterísticas edafo-climáticas únicas. É neste concurso apresentado como o produto endógeno.

Nesta mesa não podem faltar os vinhos, produzidos nas terras das inúmeras quintas de Silves. Há rosés, brancos e tintos, ao gosto de cada um para acompanhar os diferentes pratos.

É uma das notáveis obras de arquitetura militar que os árabes deixaram, com mais de mil anos de existência rodeado por uma forte muralha em taipa, revestida a arenito vermelho”. Não podia ser de outra forma que Silves descreve o seu castelo, que apresenta a concurso como roteiro histórico e cultural.

O concurso7 Maravilhas à Mesa arranca em julho nas noites de domingo na RTP e termina em setembro com a eleição da melhor mesa de Portugal. O Algarve tem a concurso oito mesas, que podem ser selecionadas para a final através do voto do público.

Leave a comment

X