fbpx

Portimão aposta na Candidatura a Cidade Europeia do Desporto 2019

Portimão está na corrida para ser a Cidade Europeia do Desporto em 2019 e já apresentou os projetos para a época 2017/2018 que visam promover a sua candidatura.

A candidatura de Portimão baseia-se na realização de grandes eventos desportivos, como a realização da Taça do Mundo de Ginástica Rítmica, o Grande Prémio de Motonáutica ou os diversas iniciativas no Autódromo Internacional do Algarve. Ao mesmo tempo, sublinha a autarquia, a “candidatura surge como forma de reforçar a aposta do município no incentivo ao desporto e promoção da saúde através da prática da atividade física, fomentando a educação desportiva dos mais novos e sensibilizando os mais velhos para a importância de serem ativos”.

Para promover a candidatura, surge agora o programa desportivo para a próxima época com uma grande variedade de oportunidades sob o slogan ‘Mais Deporto para Todos’. Ginástica de manutenção e adaptada, ténis, futebol, andebol, marcha, corrida, natação, hidroginástica, hidroterapia, dança contemporânea, ballet ou modalidades de ginásio são apenas algumas das opções que estão à disposição de todos.

A autarquia promove ainda programas especiais que incluem não só desporto, como também saúde. ‘Exercício e Saúde’ destina-se a residentes com mais de 45 anos que podem participar em atividades de ginástica, marcha e corrida e olimpíadas seniores consoante a sua condição física, que será avaliada. Há também o programa ‘Portimão Gym’ destinado a pessoas com mais de 16 anos e que inclui aulas de yoga, pilates, hipopressivos, zumba ou fitpower.

Para ninguém ficar de fora deste programa de desporto, há ainda descontos nos complexos desportivos de Alvor e da Mexilhoeira Grande, que podem variar entre 10% e os 80%. Pode consultar aqui o programa e as modalidades desportivas disponíveis.

Cabe à ACES Europe decidir sobre a candidatura de Portimão, que concorre lado a lado com Cascais. A decisão será conhecida em janeiro. Recorde-se que Loulé foi até agora a única cidade algarvia a receber este título, em 2015, que é atribuído a localidades que têm entre os 25 e os 500 mil habitantes.

Comments (2)

Leave a comment

X