fbpx

Natal não passa sem doces tradicionais

Se há algo que não pode faltar no Natal são os doces, de preferência uma mesa bem recheada dos mais tradicionais sabores. E se o bolo-rei não pode faltar, as mesas algarvias enchem-se de iguarias típicas da época que evocam os melhores produtos da região.

Registe o seu negócio no AlgarveAdviser e melhore o seu negócio. Saiba mais através do mail info@algarveadviser.com.

O figo e a amêndoa são dois dos sabores presentes na mesa de Natal, apresentados nas mais diversas receitas. Há estrelas, queijos de figo, lado a lado com bolos de amêndoa ou o morgado típico de Lagos. E se a preferência for para pastéis, há de figo, amêndoa, de gema de ovos ou de massa amêndoa e caramelo, típicos da zona de Tavira ou de massa tenra recheados com amêndoa, batata-doce, grão ou gila, que se podem encontrar em Olhão.

Se já está com água na boca, então avisamos que a gula vai aumentar. Há ainda os deliciosos bolos de mel, as fatias douradas, as ’empanadilhas’ ou azevias, as filhós de canudo ou enroladas, os brinhóis, que não dispensam o vinho do Porto, os tão típicos e aconchegantes dons-rodrigos.

 Siga-nos no Facebook.

Diz-se que “o Natal é quando um homem quiser”, mas também há a certeza que há doces que têm um sabor especial nesta quadra.

Leave a comment

X