fbpx

Histórico Café Calcinha reabre com espaço social e cultural

No centro de Loulé, há um espaço reconhecido há 90 anos. Com António Aleixo a receber os convidados, o Café Calcinha é um espaço que faz parte da Rota dos Cafés de Portugal com História. Depois de muitos meses fechado para reabilitação, o histórico edifício reabre a 14 de julho, com novidades.

A intervenção feita no Café Calcinha renovou-lhe a imagem, mas manteve os traços típicos da Art Deco, que lhe deram fama desde a sua fundação, em 1927. Assim, terá “um novo conceito, associando o funcionamento de um estabelecimento de restauração e bebidas a uma programação de âmbito social e cultural”, adianta a autarquia de Loulé, dona do espaço e responsável pelo projeto de reabilitação.

Inspirado no seu congénere brasileiro, o Café Calcinha “é o único espaço de tertúlia na história da cidade de Loulé, o que lhe configurou o privilégio de ser o estabelecimento mais emblemático e referenciado na histórica local”, sublinha ainda a Câmara. Entre as muitas figuras que se envolveram em conversas e debates no número 67 da Avenida da República foi António Aleixo, poeta que ali escreveu e declamou muitas das suas quadras. A sua presença foi de tal modo significativa que a sua figura descansa agora numa das mesas da esplanada.

O Café Calcinha foi classificado como Imóvel de Interesse Municipal em 2012, numa altura em que já atravessava dificuldades e tinha perdido o esplendor de outros tempos. Em 2014, foi adquirido pela autarquia e dois anos depois entrou em obras. A partir desta sexta-feira, regressa para marcar a vida social e cultural de Loulé.

Leave a comment

X