fbpx

Estrelas do ciclismo mostram Algarve em 120 países

Vai para a estrada na próxima quarta feira (dia 14) a 44ª edição da Volta ao Algarve, com a presença garantida de algumas das estrelas mundiais da modalidade. A corrida serve de montra para apresentar a região mostrar-se em 120 países dos cinco continentes.

 Registe-se em AlgarveAdviser. Tenha mais clientes.

Numa altura da temporada em que os ciclistas continuam a preparação para as grandes corridas internacionais, a Volta ao Algarve assume cada vez mais relevância no plano de treinos das principais equipas da modalidade. Pelas estradas algarvias, mais ou menos planas, vamos poder ver Geraint Thomas e Michal Kwiatksowski (Sky), Tony Martin (Katusha Alpecin), Richie Porte e Tejay van Garderen (BMC Racing Team), Philippe Gilbert, Bob Jungels (Quick-Step Floors), Bauke Mollema (Trek-Segafredo), Daniel Martin (UAE Team Emirates) e Arnaud Démare (FDJ).

No pelotão de 175 ciclistas, das 13 equipas WorldTour, três continentais e nove nacionais, estão também inscritos alguns dos portugueses que militam lá fora: Nelson Oliveira (Movistar), José Gonçalves e Tiago Machado (Katusha Alpecin), Rúben Guerreiro (Trek-Segafredo) e Joaquim Silva e Rafael Reis (Caja Rural-Seguros RGA).

À semelhança do que aconteceu no último ano, a corrida vai ser transmitida pelos canais TVI24 e Eurosport, a partir do qual pode ser vista em 120 países, contra os 54 a que chegou em 2017. “A transmissão e a distribuição internacionais estão a cargo da Eurosport, que colocará as imagens da Volta ao Algarve em 51 países da Europa, em 50 nações da África subsariana, no Canadá, na Austrália, na Nova Zelândia e em 16 países asiáticos”, explica a Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC).

 Siga-nos no Facebook.

Para este organismo, a Volta ao Algarve é “o evento-âncora do programa Cyclin’Portugal, que visa afirmar o País como destino privilegiado para a prática de ciclismo, em todas as suas vertentes: competição, treino estágio, deslocações quotidianas e turismo de bicicleta”.

Leave a comment

X