fbpx

Algarve foi a região que mais cresceu em 2016

O Algarve foi a região que mais cresceu no ano passado, mais de um ponto percentual acima da média nacional. Os dados apresentados esta sexta-feira, 16 de dezembro, pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) indicam que a região registou um melhoria na economia de 2,6%, face ao ano de 2015, contra os 1,5% alcançados em todo o País.

Procura um parceiro para aumentar o seu negócio e alcançar mais clientes? Fale connosco. Temos diversas soluções conforme as suas necessidades. Mais em informação em AlgarveAdviser ou pelo email info@algarveadviser.com.

O aumento da atividade do ramo do comércio, transportes, alojamento e restauração, ramo mais relevante na estrutura produtiva da região do Algarve, foi determinante para o crescimento real do PIB nesta região”, escreve o INE no seu relatório.

A riqueza gerada em 2016 no Algarve ascendeu aos 8,3 mil milhões de euros. Mas ainda assim, estes números colocam a região na quarta posição, entre as sete analisadas a nível nacional, e é inclusivamente menor do que a gerada pela região que menos cresceu em 2016, o Alentejo.

Em termos globais, Portugal cresceu no ano passado 1,5%, tendo gerado uma riqueza de 185,18 mil milhões de euros. Ainda segundo o Instituto, “a análise da convergência económica das regiões NUTS III revela uma diminuição das disparidades regionais no período de 2000 e 2015, com as regiões mais pobres a apresentarem taxas de crescimento do PIB per capita e da produtividade muito superior à média do País”.

Ainda assim, e apesar do Algarve ter sido a região com maior crescimento em 2016, no ano anterior tinha registado um aumento de 5,2%, tendo sido o segundo o melhor resultado a nível nacional, depois do Alentejo, e acima da média do País de 1,8%.

 Siga-nos no Facebook.

Leave a comment

X