fbpx

Algarvios criam petição a exigir obras urgentes na EN125

Cansados de esperar pela promessa que tem sido sucessivamente adiada, o Movimento de Cidadania dos Utentes da EN125 acaba de lançar uma petição para levar o assunto à Assembleia da República. O objetivo maior é simples: levar o Governo a avançar com as obras na EN125 entre Olhão e Vila Real de Santo António.

 Sabia que o AlgarveAdviser também presta serviços de consultadoria? Fale connosco e melhore o seu negócio.

A petição já foi assinada por mais de 1500, mas precisa de 4.000 subscritores para ser debatida em plenário. Sob o título ‘Petição pela dignidade e segurança na Estrada Nacional 125’, a missiva sublinha que o adiamento das obras sem data de início “constitui um perigo enorme para a segurança dos cidadãos que a utilizam, para a mobilidade das populações abrangidas” e é também “um obstáculo para o desenvolvimento económico sustentável e social”.

O Movimento alerta para os problemas da EN125, que atravessa uma área muito urbanizada: pontos negros, causadores de sinistralidade, estado deplorável do piso e falta de segurança nas bermas ou a sua inexistência. No mesmo texto, pode ainda ler-se que a Via do Infante não é uma solução uma vez que “com a introdução de portagens e o piso em péssimo estado passou a ser incomportável para os cidadãos”.

 Siga-nos no Facebook.

Os subscritores alertam que as populações residente e visitante “não aguentam mais”. “Os cidadãos abaixo-assinados exigem que o Governo honre os compromissos assumidos com os Algarvios e tome as necessárias diligências para que, de uma vez por todas, se termina com a discriminação na incoerência de circulação e que em nome da defesa do interesse público, determine o início das obras de requalificação da EN125”, exige o Movimento. Pode assinar a petição aqui.

Comments (4)

Leave a comment

X