fbpx

Algarve assinala efemérides de 1918

O Algarve prepara-se para assinalar três efemérides regionais importantes que marcaram o ano de 1918 com programa de atividades. Quatro conferências e uma exposição vão acontecer entre abril e novembro nos concelhos de Faro e São Brás de Alportel.

 Siga-nos no Facebook.

O ano de 1918, há precisamente um século, ficou marcado pela gripe pneumónica, a inauguração do Sanatório Carlos Vasconcelhos Porto e o fim da I Guerra Mundial. “Há aqui, de facto, 100 anos de três coisas que nos marcam, na nossa história regional e local. Juntámos esforços e houve uma adesão imediata das várias entidades em torno desta proposta de ciclo de conferências”, afirmou Alexandra Gonçalves, diretora regional de Cultura.

Relativamente há Saúde, vão decorrer três conferências: ‘A Gripe Pneumónica – Investigação’, a 13 de abril, em Faro, ‘Instituições e Património Arquitetónico: Um Século de Arquitetura Hospitalar no Algarve, a 30 de maio, em Faro e ‘Comemorações do Centenário do Sanatório Carlos Vasconcelos Porto’, a 8 de setembro, em São Brás de Alportel. Ainda nesta vila, estará patente a exposição ‘Espaços e Personalidades Ligadas à Saúde no concelho de São Brás de Alportel’ a partir de 1 de junho.

‘O Fim da Guerra Mundial’ é o título da conferência que decorre a 9 de novembro, em Faro, para assinalar a conclusão do primeiro grande conflito à escala global. Alexandra Gonçalves frisou que há “particularidades da história que é preciso dar a conhecer à população”, para que “não se repitam os erros do passado” e para que se encontrem “pistas que permitam enfrentar questões que surjam no futuro”.

Francisco George, antigo Diretor-Geral de Saúde, e Fernando Rosas, historiador, são duas presenças já confirmadas nas conferências a realizar.

Leave a comment

X