fbpx

Albufeira revela e expõe vestígios islâmicos

Os vestígios de duas casas datadas dos séculos XII e XIII, quando o Algarve vivia o seu período islâmico, estão agora expostas na Praça da República, no centro de Albufeira, onde outrora se situava o castelo da fortificação de ‘al-Buayra’.

Os dois espaços que podem a partir de agora serem visitados pertenceriam às elites política e militar de então, que viviam no interior da fortificação, a qual desempenhava “elevada importância estratégica para defesa marítima do Algarve Islâmico”, restando atualmente apenas “a Torre do Relógio e as muralhas que protegiam toda a elevação”.

Os vestígios arqueológicos estão agora a céu aberto e podem ser visitados por todos. Para garantir a sua preservação foi colocado um círculo de placas à sua volta, que cria o efeito de luz de natural. Os objetivos desta solução arquitetónica são, de acordo com a autarquia, evitar “a intrusão humana no espaço” e garantir “a continuidade de todas as funcionalidades do espaço envolvente”.

Para Carlos Silva e Sousa, presidente da autarquia, este é um projeto que se “enquadra na política da Câmara, que é a de valorizar o nosso património histórico”, que deve “ser recuperado e devolvido à população, que tem que conhecer as suas raízes para que possa estimar cada vez mais Albufeira”.

Leave a comment

X